A Mais de 40 anos
cuidando do seu
maior bem

slide-item-01

Medicina escolar

slide-item-02

Assistência à
Creche

slide-item-03

Escola que tem URMES
está sempre passando bem

slide-item-04
DICAS URMES - MEDICINA E SEGURANÇA

COMO ESCOLHER A ESCOLA PARA O SEU FILHO?

Com a aproximação do final do ano letivo, inicia-se o período de matrículas nas escolas. É o momento das famílias avaliarem seus níveis de satisfação com os colégios aos quais confiam a educação de seus filhos. Além dos fatores subjetivos, outros aspectos podem influenciar esta decisão: mudança de endereço, situação financeira familiar, término de um ciclo de escolaridade são apenas alguns exemplos.

Alguns critérios devem ser observados para que a escolha tenha maiores chances de ser bem sucedida:

 

• Filosofia ou metodologia adotada - É claro que não compete aos pais tornarem-se profundos conhecedores ou especialistas em educação, mas é essencial que entendam como a escola trabalha e que os valores familiares sejam condizentes com a filosofia educacional. Uma família mais tradicional provavelmente se sentirá mais acolhida numa escola também tradicional. Uma família sem grande religiosidade pode entrar em conflito com uma escola que pregue determinada crença.

• Qualidade do Ensino - Aspecto bastante subjetivo, pode ser aferido pela formação dos profissionais que atuam na escola, pelo nível de satisfação de pessoas que estudaram lá ou a escolheram para seus filhos.

• Observação do funcionamento escolar - Se possível , visite a escola num dia letivo e observe como as crianças se relacionam entre si e com as professoras. Verifique a quantidade de alunos por turma, ou a relação entre o número de alunos e a quantidade de professores.

• Instalações - Não há necessidade de luxo, porém as instalações do colégio devem servir ao fim a que se propõem e a faixa etária atendida. Espaços para brincadeiras e salas de aula confortáveis, limpas, claras e ventiladas são essenciais. Cuidado com o excesso de aparato tecnológico, nem sempre ele significa que o trabalho pedagógico é condizente com os recursos disponíveis.

• Localização - É importante que o tempo despendido no trajeto casa-escola não seja muito longo, já que isso pode torna-lo cansativo para a criança ou encarecer significativamente a mensalidade com o acréscimo da condução escolar.

• Segurança - Este aspecto é extremamente importante nos dias de hoje. Verifique se o acesso às dependências onde estão os alunos é controlado, assim como a saída das crianças maiores. Para os pequenos, é importante a presença de portões, redes de segurança e brinquedos apropriados à faixa etária.

• Custos - Ao escolher a escola de seu filho, verifique se sua mensalidade é adequada à realidade familiar, já que é muito desagradável para a criança a troca de colégios a cada ano. Dê preferência a uma instituição que permita à criança concluir ao menos um ciclo escolar (Pré-Escola, Primeiro Segmento do Ensino Fundamental, Segundo Segmento do Ensino Fundamental, e Ensino Médio).

É interessante envolver a criança nessa escolha, levando-a para visitar as escolas consideradas pelas famílias como aptas para a educação dos filhos. Não se deve esquecer, no entanto que esta responsabilidade é da família, cabendo a ela a decisão. A criança participa colaborando, fornecendo suas opiniões e impressões.

Por fim, é importante que os pais se lembrem que a partir de sua definição, terá início uma parceria, uma ação conjunta que tem como objetivo o bem- estar e desenvolvimento dos filhos/ alunos.

Assim, estabelecer uma relação de confiança é essencial para o sucesso desta empreitada.

Flavia Motta - CRP 05/17234
Deptº. de Psicologia - URMES

Atuall Digital